motos mais roubadas no Brasil

Quais são as motos mais roubadas no Brasil?

26,7 milhões de motocicletas espalhadas pelo país todo. Nesse contexto, muita gente se pergunta quais são as motos mais roubadas no Brasil e o que fazer para precaver esse problema.

A moto é um meio de transporte muito usado no país e serve para fazer desde um passeio, até como veículos de transporte econômico para trabalhar. 

Infelizmente, ela é um alvo fácil para roubos, poucos segundos podem transformar meses de investimento em uma perda, muitas vezes irreparável.

Cada vez mais frequente, o roubo desse tipo de veículo é algo rotineiro e entender quais são as motos mais roubadas no Brasil pode ajudar para tomar alguma prevenção extra.

Para alertar sobre esse assunto tão sério, fizemos esse post sobre as 6 motos que mais são roubadas no país e o que você pode fazer para não virar estatística. Continue a leitura!

6 motos mais roubadas no Brasil

O ranking das motos mais roubadas no Brasil não é pequeno e marcas como Honda e Yamaha lideram as queixas.

Confira os 6 modelos que são mais vítimas de furtos e assaltos ao redor do Brasil (dados de 2019)

  • Honda CG Titan 125: 19.223 ocorrências.
  • Honda CG Titan 150: 10.113 ocorrências.
  • Honda CB 250 Twister: 5.946 ocorrências.
  • Honda Biz C100: 4.109 ocorrências.
  • Yamaha YBR 125: 3.370 ocorrências.
  • Honda Biz 125: 2.950 ocorrências.

Como evitar o roubo de motos?

Para evitar o roubo da sua motocicleta e poupar que ela faça parte das motos mais roubadas no Brasil, você pode tomar algumas providências.

Desde já vale ressaltar que não recomendamos em nenhuma hipótese que você reaja a assaltos, mas que previna deles ocorrerem. 

Confira nossas dicas:

Utilize cadeados

O que não falta no mercado são ferramentas como cadeados e travas para fixar o guidão na roda da moto e impedir que furtos ocorram ou sejam radicalmente dificultados.

Compre um que seja resistente e não tenha grandes complicações na hora de colocar ou tirar.

Tome cuidado

Essa dica serve para que você mantenha o estado de alerta, mesmo que em locais conhecidos! 

Ao sair da moto, jamais deixe a chave nela, além disso, sempre observe se existe algum movimento de suspeitos na rua e evite ao máximo ficar em ruas desertas, principalmente em locais perigosos e a noite.

Inclusive, uma dica importante é deixar a moto sempre em locais confiáveis e que tenham câmeras de segurança, pois, além de afastar os meliantes, pode documentar toda a ação criminosa e ajudar na identificação do ladrão em caso de sinistro.

Conte com um rastreamento veicular

Essa, sem dúvidas, é a melhor dica quando o assunto é evitar roubos de moto. 

O rastreamento veicular é a única forma que você tem para saber tudo que está acontecendo com a moto, mesmo que de forma remota, e não esquentar mais a cabeça.

O serviço de rastreamento para moto permite que você verifique onde ela está, qual trajeto percorreu, velocidade e, claro, localidade atual. 

Essas informações específicas são essenciais para você ter sua moto de volta mesmo depois de um roubo.

Elas são conseguidas por meio de um sistema de geolocalização (GPS) em tempo real, que disponibiliza as imagens via satélite. 

Esses dados são enviados em tempo real para a central de monitoramento, que irá ajudar em qualquer situação que envolve o roubo da sua moto.

Conheça a Easyseg

Com foco em trazer o que há de melhor e mais moderno quando o assunto é rastreamento para motos e outros veículos, somos referência em trazer segurança e calma em um momento tão assustador como um assalto ou furto.

Nosso foco é fazer com que as motos mais roubadas no Brasil, e todas as outras, deixem de ser estatística, para que você possa circular com sua motocicleta de forma tranquila em qualquer lugar.

Entre em contato conosco e conheça mais sobre nosso trabalho e soluções em rastreamento!